Saiba o que é qualidade em painéis elétricos e como observar

21/03/2019

 Podemos descrever um breve conceito sobre painéis elétricos como um equipamento que reúne, protege, guarda os dispositivos de uma empresa, distribuindo energia com segurança.

São vários os benefícios, e o mais importante é que eles evitam falhas ou riscos no sistema, além de organizarem todos os dispositivos elétricos da empresa.

 

Porém, muitas vezes, seu painel elétrico pode estar dizendo “me troca” e você ainda nem percebeu. Todo equipamento necessita de manutenção, e, portanto, as verificações devem ser realizadas periodicamente, algumas com espaço de tempo maior, outros menores. A manutenção prolonga a vida do painel elétrico, embora alguns itens que podem fazer parte tenham número de manobras/vida elétrica ou mecânica limitada.

 

Os painéis elétricos têm como função permitir que todos os mecanismos possam receber energia a partir de disjuntores. Para isso, precisam ser classificados e isolados de forma correta, para em caso de erro, não haver risco de interrupções em todos os mecanismos e equipamentos, como em caso de choque, por exemplo. Em suma, os painéis elétricos funcionam como uma espécie de controle, guiando os equipamentos para que os mesmos realizem as atividades de acordo com as instruções do operador. Além disso, podem ser para acionamento de motores, máquinas e equipamentos e também para a proteção de circuitos elétricos.

 

Mas como observar a qualidade do painel elétrico?

Podemos dizer que um painel elétrico qualificado é aquele que está operando de acordo com a solicitação do cliente? Nem sempre funciona desta forma. Muitos fabricantes de painéis elétricos não adotam procedimentos de montagem que padronizem suas características ou simplesmente, não certificam que uma montagem inadequada pode trazer consequências imediatas, mas sim, defeitos que possam surgir após um determinado período de funcionamento.

 

A qualidade dos painéis elétricos depende muito do procedimento de montagem aplicado pelo fabricante e também, da procedência dos componentes utilizados para seu funcionamento. O termo qualidade pode variar de acordo com a necessidade do cliente, muitas vezes, o nível de exigência varia de acordo com a aplicação e ambiente no qual este painel elétrico estará sujeito, assim como as normas aplicadas podem pré-estabelecer fatores que implicam diretamente em seu grau de qualidade.

 

Você sabia que o painel elétrico dá sinais de que não está funcionando de maneira adequada?

Fiações soltas, componentes danificados ou mal dimensionados, projeto desatualizado, falta de padronização, são alguns fatores que evidenciam a qualidade de um painel elétrico ou, a falta dela. É importante que o cliente adote algumas medidas cautelosas para certificar que o painel elétrico recebido está realmente de acordo com sua solicitação, desta maneira, podemos listar algumas destas medidas:

 

Análise visual: Esse é o ponto mais evidente para certificar a qualidade de um painel elétrico. A análise visual é o primeiro passo para averiguar fiações, padronização de montagem, componentes organizados, identificados e corretamente dimensionados, limpeza e danos físicos a caixa metálica.

 

Conexões: Verificar o aperto das conexões de cada componente evita problemas que possam surgir pós-funcionamento do painel elétrico. Caso o fabricante não utilize o torque adequado para o aperto destas, alguns fatores como transporte e vibração do equipamento podem trazer à tona graves problemas de funcionamento, podendo até causar curto-circuito quando uma destas fiações, ou até mesmo um barramento, entram em contato com outro ponto de diferente potencial.

 

Normas e ambiente: Avaliar se o painel elétrico está de acordo com as normas exigidas para a aplicação. Não são todos os painéis elétricos que serão adequados a NR-12, por exemplo, todavia, a norma regulamentadora NR-10 deve ser o mínimo que o cliente deve exigir do fabricante. O ambiente que o painel estará sujeito também deve ser avaliado, pois seu invólucro deve ser corretamente dimensionado de acordo com as características e agressividade do ambiente.

 

Funcionamento: É a parte que realmente certifica a funcionalidade do painel elétrico, validando lógicas de intertravamentos, sejam estes feitos através de contatores e relés ou mesmo um CLP (Controlador Lógico Programável). Paralelo ao correto funcionamento, o projeto elétrico deve estar fielmente atualizado de acordo com o executado, pois o mesmo é o documento que serve de análise para possíveis falhas operacionais e base para futuras modificações.

 

Implantar um procedimento de montagem é de suma importância para o fabricante, principalmente quando se trata de montagem de painéis elétricos para máquinas seriadas. É este procedimento que garante o padrão na linha de montagem, ainda assim, necessitando da certificação de seu funcionamento através de testes e análise de lógica de seu funcionamento.

A utilização de componentes adequados e corretamente dimensionados para a aplicação, também garante que o painel elétrico possua a qualidade necessária para operar, pois de nada adianta uma montagem bem executada se os componentes não suportam a aplicação exigida.

 

 Gostou do conteúdo? Caso tenha ficado com alguma dúvida ou queira conversar mais, escreva para a gente, entre em contato! Temos profissionais altamente capacitados prontos para atender você!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Notícias Recentes
Please reload

Rua Sérgio Sabel, 247. Ilha da Figueira.

|

(47) 2106-3300

|

  • Facebook - White Circle
  • YouTube - White Circle
  • Google+ - White Circle
  • LinkedIn - White Circle

Copyright 2018 © SDS Automação. Automação Industrial

Financiamento